Os Mestres de Manhattan

Rembrandt e amigos da Frick NYC

Mauritshuis Manhattan Masters Frick Tentoonstelling

29 de setembro de 2022 - 15 de janeiro de 2023

O ano de aniversário termina com uma exposição muito especial: dez pinturas da The Frick Collection em Nova Iorque. Esta é uma oportunidade única de ver esta seleção de obras na Europa, que (com uma exceção) deixou o continente há mais de cem anos e deste então se encontra nos EUA.

Uma das maiores obras em exposição é o autorretrato de Rembrandt de 1658. O pintor imortalizou-se várias vezes, mas muitos consideram este autorretrato um dos seus melhores. O fundador da The Frick Collection foi o industrial Henry Clay Frick (1849-1919), que também construiu a casa onde o museu se encontra nos dias de hoje.

Um sonho de Rembrandt

Das dez obras em exposição, o Autorretrato de Rembrandt de 1658 é o destaque absoluto. Esta obra-prima será a maior da exposição, e é o mais impressionante dos mais de 40 autorretratos que Rembrandt pintou ao longo da sua carreira.

Rembrandt pintou este autorretrato quando tinha 52 anos, numa altura de muitas adversidades, tendo declarado falência dois anos antes e sido forçado a vender a sua própria coleção e o recheio da sua casa e, depois, mudado de casa.

A obra retrata-o à moda antiga, com trajes do século XVI. Rembrandt apresenta-se, assim, como um pintor celebrado do passado. Não tem boina nem palete de pintor, antes o tecido dourado lustroso do seu traje não é uma escolha casual. Rembrandt terá indubitavelmente lido no famoso Schilder-Boeck (‘O livro dos pintores’) de Karel van Mander de 1604 como pintores famosos do século XVI, como Jan Gossaert e Lucas van Leyden, trajavam vestes douradas como sinal do seu elevado estatuto.

Reconhecimentos

A exposição Manhattan Masters- Os Mestres de Manhattan é patrocinada pela American Friends of the Mauritshuis, Johan Maurits Compagnie Foundation, Friends of the Mauritshuis Foundation, Turing Foundation, Mondriaan Fund, Marjon Ornstein Fund, The Netherland-America Foundation e Bloomberg Philanthropies.

Esta exposição foi possibilitada parcialmente pelo governo nacional: a Agência da Herança Cultural dos Países Baixos concedeu uma garantia de indemnização em nome do Ministério da Educação, Cultura e Ciência.

Manhattan Masters Sponsoren